sábado, 23 de maio de 2015

[Resenha] A Garota da Capa Vermelha - Blakey-Cartwrigh

     
      Oi galerinha! 
    A resenha de hoje é do livro que originou o filme A Garota da Capa Vermelha, interpretada pela atriz Amanda Seyfried. Vamos lá? 



Ficha Técnica:

Título: A Garota da Capa Vermelha
Título Original: Red Riding Hood
Autor: Sarah Blakey-Cartwrigh 
Editora: ID
Páginas: 364






Sinopse:
"O corpo de uma garota é descoberto em um campo de trigo. Em sua carne mutilada, marcas de garras. O Lobo havia quebrado a paz.
Quando Valerie descobre que sua irmã foi assassinada pela lendária criatura, ela acaba mergulhando de forma irreversível em um grande mistério que vem amaldiçoando sua aldeia por gerações. A revelação vem com Father Solomon: o Lobo habita entre eles — o que torna qualquer pessoa do vilarejo suspeita. Estaria Peter, sua paixão secreta desde a infância, envolvido nos ataques? Ou seria Henry, seu noivo, o Lobisomem que assola as redondezas? Ou, talvez, alguém mais próximo? Enquanto todos estão à caça da besta, Valerie recorre à Avó em busca de ajuda; ela dá à neta uma capa vermelha feita à mão e a orienta através da rede de mentiras, intrigas e decepções que vem controlando o vilarejo por muito tempo. Descobrirá Valerie o culpado por trás do lobo antes que toda a aldeia seja exterminada? A Garota da Capa Vermelha é uma nova e arrepiante versão do clássico conto. Nela, o final feliz poderá ser difícil de ser encontrado."
Resenha: 

     Quem nunca conheceu a história de Chapeuzinho Vermelho? E na onda de histórias em versão dark dos contos de fadas, me interessei por essa. Vi o filme primeiro, na época nem sabia que tinha livro dele. Recomendo que vejam também, se ainda não leu o livro. Pois a história do filme até que está bem baseada no livro, apesar de não ter algumas cenas, como sempre nas adaptações para o cinema... Vendo o filme você percebe se o livro é interessante ou não, pelo enredo... O filme não é tão ruim, ao meu ver, mas o final...
       Enfim, voltando ao livro. A linguagem não é complicadinha, a narração tem aquele quê de suspense, pois o que chama atenção o tempo inteiro é o enigma de "quem é o Lobo?". Pode ser a paixão de Valerie, Peter. Pode ser seu noivo, Henry. Talvez até sua avó...ou alguém mais próximo.  
    Focando na paixão de Valerie, não me cativou muito seu envolvimento com Peter. Ainda assim, tem cenas que tive certa pena dele... Agora o Henry (com carinha de príncipe! Meu favorito na história! hehe), era o coitado! Ela nem dava atenção para ele... e Henry era quem mais aparecia na história! Ainda assim, os personagens não eram tão descritos na trama para nos fazer gostar deles, senti falta do reconhecimento de alguns desejos, qualidades, dos personagens para nos identificarmos.   
      O final me decepcionou um pouco, pelo enredo eu esperava algo mais... algo mais! E outra coisa importante de se dizer: o final do livro não está no livro. Ok? Você precisa acessar o site da editora para conferir o próximo capítulo. Isso, pois foi uma jogada de marketing pelo lançamento do filme, que veio em seguida. O que te desanima um pouco, não é mesmo? 
    Portanto, a história é inteligente, mas não muito bem aproveitada, em minha opinião. Assista ao filme e tire sua conclusão. Depois me avise o que achou! xD 

Minha nota: 

2 comentários:

  1. Vi o filme umas 100 vezes, e to louca atrás desse livro, que deve ser tipo muuito melhor kkkk #rascunhoscomsorteio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uhum, é sim! Bem mais detalhes, como sempre! ^^

      Excluir