sábado, 3 de outubro de 2015

[Resenha] A culpa é das estrelas - John Green

     
   Olá galerinha!
   A resenha de hoje é de um livro bem conhecido! 
  Fico pensando, as vezes, se vale a pena postar sobre livros que provavelmente a maioria já leu... Entretanto, me vem o pensamento de que gosto é gosto. Muitos já leram, mas com toda certeza alguém ainda não leu. E aqui no blog quero compartilhar com vocês sobre livros que acho que valem á pena serem lidos! Então, sim, a resenha é de ACEDE! 
   Se você já leu, comente o quanto gostou! Se ainda não, espero que eu desperte curiosidade em você... xD




Ficha Técnica:

Título: A culpa é das estrelas
Título Original: The fault in our stars
Autor: John Green
Editora: Intrínseca
Páginas: 288




Sinopse:
"A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma.
    Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas. 
   Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar." 

Resenha:

   A primeira coisa que tenho á dizer é que sou muito chata para gêneros literários (infelizmente, estou tentando mudar isso). Eu amo fantasia, mitologia, romance e distopia. Claro, sempre com aquela aventura que tira o fôlego, o bom humor ao lado e um suspense não faz mal nenhum. Agora, drama? No! Nunca tinha lido, foi o meu primeiro livro desse gênero. Não queria ler, não mesmo! Porém, todos não paravam de comentar sobre! Em todo lugar!!! Minha amiga leu e adorou (apesar de chorar muito! - outra coisa que me deixava receosa para ler, todos tinham que falar de choro ao comentar sobre ACEDE!); mas foi por eu gostar de romance, que quis dar uma chance á história do tio Verde
   A história flui rápido, não achei cansativo. A linguagem adolescente (que John Green é expert) nos deixa envolvidos com a trama e você se apaixona pelo Gus desde a primeira olhada no Grupo de Apoio! Confere de perto a "tragédia romântica" de Isaac e Mônica, passa a admirar Van Houten e depois a odiá-lo com a vida, morre de feels com a cena do piquenique e toda a cena do champanhe em Amsterdã!!! (*--*) Enfim, da vontade de entrar no livro e escrever logo o fim da menina do livro Uma Aflição Imperial (o livro que Hazel gosta muito e faz o Augustus gostar também) de tanto que acabamos gostando dessa história também! 
    Triste? Sim, é triste de um jeito que faz você se apaixonar. Ou pirar mesmo, como foi o meu caso, onde parei de ler no início do capítulo 21 (gravem esse capítulo...e sua reação ao lê-lo!) e fechei o livro. Eu estava na sala de aula, pedi ao professor para que fosse beber água...pois precisei andar pelos corredores da escola e tomar um ar e chorar mais um pouco. Sério! :( 
    Quando finalmente terminei o livro, senti que não tinha acabado! É assim, parece que falta alguma coisa...como em Uma Aflição Imperial! Mas gostei do final, apesar de tudo...gostei do livro. Só não precisava ser o livro que mais me fez chorar na face da Terra! Mas okay
    Você conhece mais um pouco de uma realidade diferente da sua, onde uma menina de dezesseis anos sabe que pode morrer bem mais cedo do que a maioria de sua idade! (E é uma história inspirada em uma menina chamada Esther Earl, onde podem saber mais sobre ela no livro "A estrela que nunca vai se apagar"). Passamos por um choque de realidade, onde nossa mente diz "agradeça a vida que tem e valorize!".
   Recomendo a leitura, mas prepare seu emocional antes! A história é linda e nos passa uma mensagem de esperança e amor muito forte! Preste atenção nos pequenos detalhes, nas pequenas coisas do seu dia.
Minha nota: 

4 comentários:

  1. Amo esse livro, e eu não chorei lendo ele OKAY essa última parte é mentira.

    #rascunhoscomsorteio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha' muito mentira mesmo, né?
      Esse livro <3

      Excluir
  2. Já li e chorei tanto, mas tanto, que tive que fechar o livro pra não molhar as páginas kkkkk #rascunhoscomsorteio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha' bem isso Gabi!
      Vida de leitora! rsrs ^^

      Excluir